Arquivo mensais:julho 2012

Cidadão Instigado - foto Patrícia Araújo

Shows do Festival Sertão Itaparica Mundo 2012

O Festival Sertão Itaparica Mundo 2012 anuncia a programação de shows que acontece durante os dias 13, 14 e 15 de setembro, na cidade de Floresta/PE. Buscando mostrar um panorama da produção musical contemporânea do Brasil, o Festival trará para o Sertão artistas e bandas que ainda não se apresentaram na região como Cidadão Instigado, Banda Uó, Bárbara Eugênia + Bande Dessinée, entre outros nomes.

O Festival, patrocinado pelo BNDES, BNB e Governo Federal e incentivado pelo Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura, contempla também a 3ª Mostra Nacional Curta Sertão, com exibições de obras audiovisuais nacionais nas cidades de Floresta, Tacaratu e Belém de São Francisco. Serão 12 dias de atividades, que ainda incluem três oficinas ligadas às áreas de dança, música e tecnologia. Em breve, será divulgada a programação completa.

Dia 13/09/2012
Afoxé Oyá Alaxé (PE)
Ferrugem + Pandeiro do Mestre (PE)
Coutto Orchestra de Cabeça (SE)
Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (PE)
DJ Tudo (SP)

Dia 14/09/2012
Cidadão Instigado (CE)
Bárbara Eugênia + Bande Dessinée (SP/PE)
Camarones Orquestra Guitarrística (RN)
Babi Jaques & Os Sicilianos (PE)
DJ Damata (PE)

Dia 15/09/2012
Banda UÓ (GO)
Naurêa (SE)
Cabruêra (PB)
Radiola Serra Alta (PE)
DJ Incidental (PE)

Fotografia: banda Cidadão Instigado – Patrícia Araújo.

Para escutar os artistas do Festival.

ogum (1)

Filho de Ogum

Filho de Ogum

Por Nina Maniçoba Ferraz

*Livremente inspirado na vida de Túlio Carella, autor de Orgia.

A tristeza não é para as bestas, mas para os homens;
mas quando o homem sente tristeza em demasia se
transforma em besta. Miguel de Cervantes

Ele era filho de Ogum, orixá dos metais. Senhor de instrumentos e armas para agricultura, caça e guerra. Quem planta poda. Quem procura caça. Olho no olho, dente por dente. Ele era espada forjada no malho, de dois gumes, amolada. Mas sabia que passar ferro no ferro é desafiar Ogum. E que só podia acabar como acabou.

Homem bonito. Tinha um olhar fervendo destes que lambuzam qualquer pessoa. Andava no pescoço um patuá que ganhou ainda criança. O pai amarrou uma figa junto, bem rente na goela do menino. No que ia crescendo, a mãe aumentava o cordão. Mandinga forte.

Menino de ouro, não se metia em confusão, era obediente, concentrado. Mas lá pela idade de 10, virou outra pessoa. Parou de se dar bem com meninos e meninas. Calou-se. Ficava sozinho, cara fechada, testa perdida, os pensamentos vazando no vento, sem ninguém poder recolher. A mãe se preocupava todo dia que amanhecia. Vai brincar, menino! E se a noite era de silêncio, ela tentava calar o peito. Mãe é mãe. Foge. Mas sente. E reza. Rezava baixinho: ô meu Deus!

E ele foi crescendo. Encarava com um olho que não fita, fugido, disfarçado, mas tinha o corpo fechado, bem talhado, fruta de morder. Um dia, ele se pegou olhando para os homens do cais. Tinha vontades. E rondava. Rondava. Rondava. Feito fera enjaulada. Mais parecia um leão, atirado na cova de Davi. Mas não tinha mais fé que a providência divina o alimentasse.

Ele era um homem e queria um homem. Coisa escrita, destino. Cumpriu sua sina numa noite de lua cheia e maré alta.

A lua no céu nítida que nem desenho de criança. As águas do mar espumando. O vento soprando. As ondas vinham correndo para os seus pés. Benzedeiras. E limpavam o que houvesse. E agitavam a areia. E deixavam a terra alva e pura. Ele viu um caminho de luz clara na pele do outro. No riso daquele desconhecido íntimo. Naquele olho que brilhou no seu, cúmplice. E o rapaz achou o grito da calada da noite. E descobriu sua morada.

Mas amor assim é condenado ao fogo que deve queimar calado. Tem que lutar desigual, de capa e espada contra dragão. Profecia que não vem dos deuses, mas das gentes. O vaticínio: será eternamente e repetidamente feito brasa de embaúba que não tem. Que queima ligeiro. Madeira que é mole, enverga, não dá lança. Nem viga. Árvore que tem copa rala, que não dá sombra. Assim o sujeito vai. Ardendo no sol quente, de sol a sol.

E assim assim, feito num conto de bruxas, foram* morrendo a paz e a calmaria. E o silêncio foi virando grito. Berros daquele homem que tinha voz agora e falava nele. Brado que ele não queria ouvir.

Acuou-se num canto resignado. Mas o homem alvo brilhava em pé, na lua. E esbravejava o que ele nunca quis saber. Cresceram** nele aquelas certezas que a gente tem, mas sabe que não é. Dessas certezas turvas que cospem fogo e comem raiva. E a fúria gritou: Sou filho de Ogum! Deus negro da guerra. Também sou filho de São Jorge! Sou filho de Orixá de punhal e lança. Forja suas armas, Ogum! Agora é guerra.

Foi desse jeito que acabou um amor que ninguém viu e que ninguém pôde dizer.

O sangue escuro do homem branco escorreu na terra alva e a maré baixa não lavou nada.

Nina Maniçoba Ferraz, natural de Floresta/PE, é médica, escritora, poeta e cursa especialização em Literatura, na PUC-SP. Organizou e foi coautora da coletânea de contos A medida de todas as coisas (2011, Editora RDG). Participa do Grupo B-Eco de Escritores.

Blog: www.ensaiosobreleitura.blogspot.com

Ilustração: Ogum, de Carybé.

CARTAZ JULHO 2012 CINE CLUBE FLORESTANO - em baixa

Cinema nacional, circuito comercial

Durante uma conversa na sede da Sambada, em Olinda, o cineasta Marcelo Pedroso sugeriu à coordenação do CineClube Florestano que exibisse alguns filmes que passaram no circuito comercial dos cinemas brasileiros. Sugestão aceita, Marcelo!

Em julho, o CineClube Florestano exibe quatro longas-metragens brasileiros que foram exibidos em salas comerciais de cinema. A semana começa com Besouro (2009), de João Daniel Tikhomiroffrês, que conta a história do famoso capoeirista Besouro Mangangá. Filme de ação com ótima trilha sonora.

Orquestra dos Meninos (2008), de Paulo Thiago, baseado em fatos reais, mistura música, coragem e determinação. Um filme que conta uma história de sucesso no interior de Pernambuco. Será exibido no Projovem Adolescente, em duas sessões.

O filme escolhido para ser exibido no Instituto Federal do Sertão foi Quincas Berro D’Água (2010), de Sérgio Machado. Baseado no livro homônimo de Jorge Amado, apresenta a história do boêmio e frequentador assíduo dos bordéis e gafieiras da Bahia, Quincas Berro D’Água. Uma comédia divertidíssima.

Fechando a semana, em homenagem ao mês de nascimento de Lampião, um clássico do cinema pernambucano: Baile Perfumado (1996), de Paulo Caldas e Lírio Ferreira. O filme apresenta a saga do único homem que filmou Lampião e seu bando, Benjamin Abrahão.

Em agosto, o CineClube Florestano dá uma pausa e retorna, em setembro, com a Mostra de Animação nas Escolas – uma semana exibindo animações de várias épocas e de vários estados do Brasil. Boas sessões!

Arte do cartaz: Camila Cahú.

Mostra competitiva 1 dia  (16)modificada

Inscrições para Mostra Nacional Curta Sertão

Atenção!

Estão abertas as inscrições para a 3ª Mostra Nacional Curta Sertão. Podem ser inscritos filmes e vídeos finalizados a partir de janeiro de 2010 que não tenham participado das edições anteriores da Mostra.

3ª Mostra Nacional Curta Sertão – Edital

1 – DA FINALIDADE

1.1 – O presente edital tem por objetivo selecionar e premiar filmes e vídeos de curta-metragem (até 25 minutos de duração), produzidos em qualquer formato e realizados no Brasil, para participarem das mostras competitivas que irão compor a programação da 3ª Mostra Nacional Curta Sertão, que será realizada durante o mês de setembro/2012, nas cidades de Floresta, Tacaratu e Belém de São Francisco, no estado de Pernambuco.

2 – DA ORGANIZAÇÃO

2.1 – A 3ª Mostra Nacional Curta Sertão será realizada dentro da programação do Festival Sertão Itaparica Mundo 2012, projeto do Ponto de Cultura Sertão Itaparica Mundo.

2.2 – A coordenação do Festival ficará sob a responsabilidade da empresa Sambada Comunicação e Cultura e da equipe do CineClube Florestano.

3 – DAS MOSTRAS

3.1 – A Mostra será composta por exibições de filmes e vídeos nas seguintes categorias:

- Mostra Especial de Animação nas Escolas – não competitiva (Floresta/PE)

- Mostra de curtas-metragens – não competitiva (Tacaratu/PE)

- Mostra de curtas-metragens – não competitiva (Belém de São Francisco/PE).

- Mostra de curtas-metragens – competitiva (Floresta/PE)

Parágrafo Primeiro: serão aceitas inscrições de filmes ou vídeos brasileiros, que tenham sido finalizados entre 2010 e 2012, em qualquer gênero: ficção, documentário, animação, experimental etc., realizados em qualquer formato (35 mm, 16 mm, DVcam, Betacam, MiniDV etc.) desde que possuam cópia de exibição em DVD e não tenham participado de edições anteriores da Mostra.

Parágrafo Segundo: a coordenação da Mostra poderá convidar filmes e vídeos que não tenham sido inscritos para compor as Mostras não competitivas e a Mostra Especial de Animação nas Escolas.

4 – DO LOCAL, PRAZO, CRONOGRAMA E INSCRIÇÕES

4.1 – ­ A inscrição é gratuita e deverá ser feita no período de 01/06/2012 a 01/08/2012.

4.2 – Os concorrentes, pessoas físicas ou jurídicas, deverão apresentar seus respectivos pedidos de inscrições num envelope lacrado, contendo:

I – uma cópia de cada filme ou vídeo em DVD, sem legenda e/ou menu, com capa e devidamente identificado;

II – uma cópia impressa da ficha de inscrição, de acordo com modelo anexo a este edital, devidamente preenchida, datada e assinada;

III – Um CD contendo três fotos do filme (mínimo de 300 Kb) e o arquivo da ficha de inscrição que foi impressa.

4.2.1 – A apresentação do DVD com erro de leitura ou qualquer outro defeito ou problema técnico que comprometa a análise e/ou exibição do filme ou vídeo, implicará na desclassificação da obra inscrita ainda na fase de pré-análise.

4.3 – Obedecendo ao período de inscrição, o material deverá ser enviado, exclusivamente, pelos Correios, como carta registrada ou SEDEX, para o endereço abaixo:

Sambada Comunicação e Cultura

3ª Mostra Nacional Curta Sertão

Av. Dr. Joaquim Nabuco, 192/01 – Varadouro

53020-310 – Olinda – PE

4.4 –­ Serão desconsideradas as inscrições postadas após 01/08/2012 e aquelas cujo ma­terial estiver incompleto.

4.5 – O edital e a ficha de inscrição da 3ª Mostra Nacional Curta Sertão estarão disponíveis a partir do dia 04 de junho de 2012 no site do Ponto de Cultura Sertão Itaparica Mundo: http://sertaoitaparicamundo.blogspot.com/

4.6 – Todos os gastos concernentes ao envio do material ficam a cargo do remetente.

5 ­– DO PROCESSO SELETIVO

5.1 ­– A seleção dos filmes e vídeos para a 3ª Mostra Nacional Curta Sertão será realizada por uma Comissão de Seleção, composta por três pessoas, nomeada pela Sambada Comunicação e Cultura, seguindo os critérios deste edital.

5.2 –­ A coordenação da Mostra entrará em contato com os responsáveis pelas produções selecionadas até o dia 05 de agosto de 2012, via e-mail e/ou telefone. As produções que não receberem esta comunicação até a data mencionada serão consideradas não selecionadas para a Mostra.

5.3 ­– A seleção dos filmes e vídeos para a mostra competitiva implica na exibição dos mesmos no Festival, sendo vedado ao proponente a possibilidade de retirá-lo da concorrência.

5.4 ­– As obras selecionadas serão projetadas de acordo com a programação elaborada pela organização da Mostra.

6 ­– DA PREMIAÇÃO

6.1 –­ Será conferida premiação em dinheiro aos melhores filmes, conforme descrição abaixo:

Primeiro lugar: ……………………. R$ 1.500,00

Segundo lugar: …………………… R$ 1.000,00

Terceiro lugar: ……………………. R$    500,00

Parágrafo primeiro: caso a coordenação da Mostra consiga ampliar as parcerias para a realização do evento, os prêmios poderão ser majorados.

6.2 – Os prêmios do concurso serão outorgados por uma comissão julgadora da Mostra Nacional Curta Sertão, nomeada pela Sambada

Comunicação e Cultura, composta por três jurados, que terão seus nomes publicados no site do Ponto de Cultura.

6.3 – O julgamento dos filmes e vídeos de curta-metragem obedecerá aos seguintes critérios:

I – argumento;

II – criatividade;

III – qualidade técnica e

IV – qualidade artística das produções.

6.4 – Os jurados poderão conceder menção honrosa, sempre que seja em comum acordo com a coordenação da Mostra, quando considerarem necessário.

6.5 – ­ Em caso de alguma empresa ou instituição desejar instituir algum prêmio especial, troféu ou dinheiro, poderá fazê-lo seguindo seus próprios critérios, com o consentimento prévio da coordenação da Mostra. Os responsáveis legais das obras audiovisuais selecionadas serão comunicados com antecipação sobre qualquer eventual aumento nos valores do item 6.1 e/ou inclusão de um prêmio que implique a concessão de eventuais direitos de exibição ou correlatos.

7 ­– DA DOCUMENTAÇÃO

7.1 – Os proponentes dos filmes e vídeos vencedores deverão apresentar recibo no valor do prêmio recebido, além de outros documentos de identificação que se fizerem necessários.

8 – DISPOSIÇÕES GERAIS

8.1 ­– As cópias em DVD dos filmes e vídeos inscritos nesta edição, inclusive as que não forem selecionadas, passarão a fazer parte do acervo do CineClube Florestano e poderão ser exibidos, sem fins lucrativos, em qualquer cidade de Pernambuco.

8.2 –­ A coordenação da 3ª Mostra Nacional Curta Sertão se reserva ao direito de exibir em qualquer meio de comunicação trechos das obras participantes com fins de divulgação da Mostra.

8.3 – Cabe à coordenação da Mostra a solução de qualquer caso omisso.

8.4 –­ O ato de inscrição para o concurso de filmes e vídeos implica a plena aceitação do presente regulamento.

8.5 – O Ponto de Cultura Sertão Itaparica Mundo e o CineClube Florestano fazem parte do Programa Cultura Viva, do Ministério da Cultura, do Governo Federal, em convênio com a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco – Fundarpe, do Governo de Pernambuco. O CineClube Florestano também é vinculado à Federação Pernambucana de Cineclubes, ao Conselho Nacional de Cineclubes e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Floresta.

Realização:
Sambada Comunicação e Cultura

Discos Legais Produções Ltda.

Ponto de Cultura Sertão Itaparica Mundo

CineClube Florestano

O Edital e a ficha de inscrição podem ser acessados através dos links abaixo ou solicitados pelo e-mail: sertaoitaparicamundo@gmail.com.

BAIXAR EDITAL

BAIXAR FICHA DE INSCRIÇÃO