Arquivo mensais:junho 2010

Floresta casas (2)1

1ª Mostra Nacional Curta Sertão – Edital

1 – DA FINALIDADE

1.1 – O presente edital tem por objetivo selecionar e premiar filmes e vídeos de curta metragem (até 25 minutos de duração), realizados nos estados da região Nordeste do Brasil – Alagoas; Bahia; Ceará; Maranhão; Paraíba; Pernambuco (incluindo o Distrito Estadual de Fernando de Noronha e o Arquipélogo de São Pedro e São Paulo); Piauí;  Rio Grande do Norte (incluindo a Reserva Biológica Marinha do Atol das Rocas) e Sergipe – ou filmes e vídeos de curta metragem (até 25 minutos de duração) com temática nordestina, mesmo que tenham sido realizados em outros estados do Brasil, para participarem das mostras competitivas que irão compor a programação da 1ª Mostra Nacional Curta Sertão, que será realizada entre os dias 15 e 18 de setembro de 2010, na cidade de Floresta, estado de Pernambuco.

2 – DA ORGANIZAÇÃO

2.1 – A 1ª Mostra Nacional Curta Sertão será realizada dentro do Festival de Cultura Sertão Itaparica Mundo, projeto do Ponto de Cultura Sertão Itaparica Mundo, em parceria com a Prefeitura Municipal de Floresta/PE.

2.2 – A coordenação do Festival ficará sob a responsabilidade da Sambada Comunicação e Cultura.

3 – DAS MOSTRAS

3.1 – A Mostra será composta por exibições de filmes e vídeos nas seguintes categorias:

dia 15/09/2010 – Mostra de curtas não competitiva na aldeia Brejo dos Padres, dos índios pankararus, na cidade de Tacaratu/PE;

dia 16/09/2010 – Mostra de curtas não competitiva na aldeia Travessão do Ouro, dos índios pipipã, na cidade de Floresta/PE;

dia 17/09/2010 – Mostra de curtas competitiva no Espaço Cultural João Boiadeiro, na cidade de Floresta/PE;

dia 18/09/2010 – Mostra de curtas competitiva no Espaço Cultural João Boiadeiro, na cidade de Floresta/PE.

Parágrafo primeiro: serão aceitas inscrições de filmes ou vídeos brasileiros, que tenham sido finalizados entre 2006 e 2010, nos gêneros ficção ou documentário, realizados em qualquer formato (35mm, 16mm, DVcam, Betacam, MiniDV etc.) desde que possuam cópia de exibição em DVD.

Parágrafo segundo: a coordenação da Mostra poderá convidar filmes e vídeos que não tenham sido inscritos para compor as Mostras de curtas não competitivas.

4 – DO LOCAL, PRAZO, CRONOGRAMA E INSCRIÇÕES

4.1 – A inscrição é gratuita e deverá ser feita no período de 07/06/2010 a 07/08/2010.

4.2 – Os concorrentes, pessoas físicas ou jurídicas, deverão apresentar seus respectivos pedidos de inscrição, num envelope lacrado, contendo:

I – três cópias de cada filme ou vídeo em DVD, todas com capas e devidamente identificadas;

II – uma cópia impressa da ficha de inscrição, de acordo com modelo anexo a este edital, devidamente preenchida, datada e assinada.

III – um CD contendo três fotos do filme (mínimo de 300 DPI) e o arquivo da ficha de inscrição que foi impressa.

4.2.1 – A apresentação do DVD com erro de leitura ou qualquer outro defeito ou problema técnico que comprometa a análise do filme ou vídeo, implicará na desclassificação da obra inscrita ainda na fase de pré-análise.

4.3 – Obedecendo ao período de inscrição, o material deverá ser enviado, exclusivamente, pelos Correios, como carta registrada ou SEDEX, para o endereço abaixo:

Sambada Comunicação e Cultura

1ª Mostra Nacional Curta Sertão

Av Dr. Joaquim Nabuco, 192/01 – Varadouro

53020-310 – Olinda – PE

4.4 – Serão desconsideradas as inscrições postadas após 07/08/2010 e aquelas cujo material esteja incompleto.

4.5 – O edital e a ficha de inscrição da Mostra estarão disponíveis a partir do dia 06 de junho de 2010 no blog do Ponto de Cultura Sertão Itaparica Mundo, no endereço: http://sertaoitaparicamundo.blogspot.com/ ou solicitados através do e-mail: sambadacom@gmail.com.

4.6 – Todos os gastos concernentes ao envio do material ficam a cargo do remetente.

5 – DO PROCESSO SELETIVO

5.1 – A seleção dos filmes e vídeos para a 1ª Mostra Nacional Curta Sertão será realizada por uma Comissão de Seleção, composta por três pessoas, nomeada pela Sambada Comunicação e Cultura, seguindo os critérios deste edital.

5.2 – A coordenação da Mostra entrará em contato com os responsáveis pelas produções selecionadas até o dia 27 de agosto de 2010, via e-mail e/ou telefone. As produções que não receberem esta comuniação até a data mencionada serão consideradas não selecionadas para a Mostra.

5.3 – A seleção dos filmes e vídeos para a mostra competitiva implica na exibição dos mesmos no Festival, sendo vedado ao proponente a possibilidade de retirá-lo da concorrência.

5.4 – As obras selecionadas serão projetadas de acordo com a programação elaborada pela organização da Mostra.

5.5 – Cada realizador de curta selecionado para a mostra competitiva terá direito a traslado Recife/Floresta/Recife, alimentação e hospedagem para um representante.

6 – DA PREMIAÇÃO

6.1 – Será conferida premiação simbólica em dinheiro aos melhores filmes, conforme descrição abaixo:

Primeiro lugar: ….. R$ 1.000,00

Segundo lugar: …. R$    500,00

Terceiro lugar: ….. R$    300,00

6.2 – Os prêmios do concurso serão outorgados por uma comissão julgadora da 1ª Mostra Nacional Curta Sertão, nomeada pela Sambada Comunicação e Cultura, composta por três jurados, que terão seus nomes publicados no blog do Ponto de Cultura.

6.3 – O julgamento dos filmes e vídeos de curta metragem obedecerá aos seguintes critérios:

I – Argumento

II – Criatividade

III – Qualidade técnica

IV – Qualidade artística

6.4 -Os jurados poderão conceder menção honrosa, sempre que seja em comum acordo com a coordenação da Mostra, quando considerarem necessário.

6.5 – Em caso de alguma empresa privada ou instituição governamental desejar instituir algum prêmio especial, troféu ou dinheiro, poderá fazê-lo seguindo seus próprios critérios, com o consentimento prévio da coordenação da Mostra. Os responsáveis legais das obras audiovisuais selecionadas serão comunicados com antecipação sobre qualquer eventual aumento nos valores do item 6.1 e/ou inclusão de um prêmio que implique a concessão de eventuais direitos de exibição ou correlatos.

7 – DA DOCUMENTAÇÃO

7.1 – Os proponentes dos filmes e vídeos vencedores deverão apresentar nota fiscal e/ou recibo no valor do prêmio recebido, além de outros documentos de identificação que se fizerem necessários.

8 – DISPOSIÇÕES GERAIS

8.1 – As cópias em DVD dos filmes e vídeos inscritos nesta edição, inclusive as que não forem seleconadas, passarão a fazer parte do acervo da Sambada Comunicação e Cultura e poderão ser exibidos, sem fins lucrativos e/ou comerciais, pelo CineClube Florestano, nas cidades da região de Itaparica: Belém de São Francisco, Carnaubeira da Penha, Floresta, Itacuruba, Jatobá, Petrolândia e Tacaratu.

8.2 – A coordenação da 1ª Mostra Nacional Curta Sertão se reserva ao direito de exibir em qualquer meio de comunicação trechos das obras participantes com fins de divulgação da Mostra.

8.3 – Cabe à coordenação da Mostra a solução de qualquer caso omisso.

8.4 – O ato de inscrição para o concurso de filmes e vídeos implica a plena aceitação do presente regulamento.

8.5 -O Festival de Cultura Sertão Itaparica Mundo e a 1ª Mostra Nacional Curta Sertão são incentivados pelo Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura – Funcultura, através do Governo do Estado de Pernambuco.

8.6 – O Ponto de Cultura Sertão Itaparica Mundo e o CineClube Florestano fazem parte do Programa Cultura Viva, do Ministério da Cultura, do Governo Federal, em convênio com a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco – Fundarpe, do Governo de Pernambuco. O CineClube Florestano também é vinculado à Federação Pernambucana de Cineclubes e ao Conselho Nacional de Cineclubes.

Realização:
Sambada Comunicação e Cultura
Discos Legais Produções Ltda.
Ponto de Cultura Sertão Itaparica Mundo
CineClube Florestano
Prefeitura Municipal de Floresta

Edital

Inscrição

DSC_0467

Poema do Cemitério

Cemitério Pernambucano

(Floresta do Navio)

Antes de se ver Floresta
se vê uma Constantinopla
complicada com barroco,
gótico e cenário de ópera.

É o cemitério. E esse estuque
tão retórico e florido
é o estilo doutor, do gosto
do orador e do político,

de um político orador
que em vez de frases, com tumbas
quis compor esta oração
toda em palavras exdrúxulas,

exdrúxula na folha plana
do Sertão, onde, desnuda,
a vida não ora, fala,
e com palavras agudas.

 

Poema de João Cabral de Melo Neto, escrito numa placa na entrada do Cemitério Público São Miguel, no Centro de Floresta/PE – Fotografia: Paloma Granjeiro/Sambada.